Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




No passado fim-de-semana visitamos o Festival Islâmico de Mértola.Durante quatro dias a vila volta a transformar-se em Martulah, nome do município nos séculos XI e XII, quando era capital de um reino islâmico e importante porto comercial nas rotas do Mediterrâneo.IMG_20150524_140753.jpg

Entramos no souk (mercado tradicional) e fomos imediatamente envolvidos pela mistura do chá de menta, do incenso e das especiarias com os acordes dos alaúdes e os batuques das darbukas.

IMG_20150524_141026.jpg

Ficamos rodeados pela arte islâmica. O Islamismo não permite o uso de figuras humanas em manifestações artísticas, facto que fez com que os árabes desenvolvessem a arte abstrata das figuras simétricas. Eles desenvolveram toda a técnica nessa área sem saber que usavam conceitos matemáticos avançados em relação à pavimentação do plano.

A propriedade essencial destes ornamentos é a existência de uma translação “minimal”, numa única direção, que desloca tal figura “indefinidamente” ao longo de uma faixa. Além destas translações outras simetrias aparecem nas repetições do motivo.IMG_20150524_152148.jpgEm passeio por esta maravilhosa vila encontrámos, no castelo, uma mostra de jogos de tabuleiro de origem árabe. Os pequenotes quiseram logo experimentar o jogo do galo (que já fazia parte das atividades lúdicas das pessoas de origem árabe que habitaram o nosso país entre os séc VIII e XII). Trata-se de réplicas de jogos encontrados em escavações arqueológicas. São desenhados sobre xistos, uma das rochas mais abundantes desta zona. Os xistos são rochas metamórficas que se formam em condições de altas temperaturas e grande pressão (em zonas profundas da crosta terrestre). Estes xistos fazem parte da Formação de Mértola, uma formação geológica que (pasme-se) prova que esta região já foi o fundo de um mar...

Apresentação1.jpg

 Não pudemos deixar de nos refrescar, bebendo uma limonada com hortelã, no meio do calor do Alentejo...

O mentol, que está presente em plantas do género Mentha, tem a capacidade de estimular os chamados “nervos do frio” (Corpúsculos de Krause). Os nervos do frio são geralmente ativados pela queda de temperatura (frio), que sentimos através da pele. Mas neste caso, nosso paladar é que se responsabiliza por tudo. Como possuímos inúmeros corpúsculos de Krause na nossa mucosa bucal, assim que o mentol entra em contacto com essas teminações nervosas  é enviada uma mensagem para o cérebro que responde com uma sensação refrescante. Esta sensação temo-la em contacto com alimentos com sabor a menta, elixires bucais ou pastas dentífrica que contêm mentol.

IMG_20150524_141757.jpg

O Festival Islâmico de Mértola tem uma periodicidade bienal e traz a esta pequena vila milhares de visitantes. Recomendamos (vivamente), às famílias que queiram levar as suas crianças a esta iniciativa, que visitem a zona do souk durante a manhã. Foi o que fizemos e tivemos uma visita maravilhosa...À tarde as ruas estavam cheias de gente e criam-se condições que não favorecem os passeios com crianças.

Descemos até ao Guadiana e afastamo-nos da confusão...Mértola tem muito para nos ensinar!

638.jpg

 

  Para ver mais  https://www.youtube.com/watch?v=oKEwGbu10qk

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


INVADIDOS!!

26.05.15

Nestes tempos amenos, entre a primavera e o verão, passear no Alentejo Litoral é magnífico...

O cheiro maravilhoso emanado pelas plantas das dunas mistura-se com o aroma do peixe grelhado criando a sensação de que vivemos no paraíso.

 

No entanto, nem tudo o que se avista é tão inocente como nos pode parecer...

 

O litoral está invadido por plantas que não são do nosso país e que competem com as nossas eliminando-as e instalando-se no seu espaço.São chamadas plantas invasoras.

IMG_20150412_181032.jpg

 Erva gorda, Arctotheca calendula

IMG_20150412_180844.jpg Erva gorda, Arctotheca calendula 

 

Muitas destas invasoras terão sido introduzidas no nosso país por motivos válidos, todavia os problemas ambientais consequentes desses atos são bastante danosos e de reversibilidade onerosa e lenta.

Os chorões e as azedas foram trazidos da África do Sul para ajudar a fixação das dunas e para fins ornamentais, respetivamente.

ff.jpg Chorão, Carpobrotus endulis

Oxalys-pes-caprae-1-834x399.jpgAzedas, Oxalis pes-caprae

 

As canas são oriundas da Ásia e chegaram ao nosso país com o objetivo de serem usadas na construção de sebes para delimitação de terrenos agrícolas. As acácias foram trazidas da Austrália e têm invadido grande parte do nosso território.

 

arundo-donax01.jpg

 Canas,Arundo donax

 

Acacia_20auriculiformis_1__zps3eef4354.jpeg

 Acácia, Acacia sp.

 

 NDecreto-Lei nº 565/99, de 21 de dezembro são listadas as espécies exóticas introduzidas em Portugal, destacando-se as que são consideradas invasoras. Este diploma proíbe a introdução de novas espécies e ainda a detenção, a criação, o cultivo e a comercialização das que são consideradas invasoras e de risco ecológico.

 

Para conhecer mais plantas invasoras do nosso país veja aqui.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)







Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D